Minha lista de blogs

terça-feira, 15 de março de 2011

Rio de Janeiro - Recife * (01/01/2010)

Passamos o réveillon em casas separadas, eu na casa da minha tia e o Gatão na casa dele. Acordei às 10:00h, ansiosa já, e liguei pra Thiago, ele ainda estava deitado e na tranqüilidade de sempre. Liguei pra ele mais umas 3 vezes, sempre lembrando de alguma coisa ou para perturbá-lo com o horário. Ele chegou lá em casa com o pai, às 14:00h e fomos para o aeroporto. Chegamos antes das 15:00h, e por já ter feito o check in na internet, foi bem mais rápido. Minha mala – inacreditavelmente – estava pesando apenas 15 kg, e a dele 11 kg. Fizemos o embarque e logo já estávamos no avião, eu igual uma criança boba como o Gatão diz, achando tudo lindo, era a minha primeira viagem de avião. 
A decolagem foi tranqüila, medo mesmo eu senti quando o avião fez a curva, parecia que ia virar de cabeça pra baixo, a cidade lá embaixo toda torta já... Rapidinho já estávamos tão alto que as nuvens ficaram todas abaixo de nós, um monte de algodão doce branco. É engraçado passar por entre elas, apesar de um pouquinho incômodo também, o avião chacoalha todo. 
Pegamos fone de ouvido e logo a primeira música foi em nossa homenagem “cariocas são bonitos, cariocas são bacanas”, o lanche também estava muito bom, um pão tipo francês, meio integral, com peito de peru e queijo, e guaraná pra mim, e suco de laranja pra ele. 
Estava começando a gostar do vôo até perceber que estávamos muito alto, sobre o mar, e ooops! “Turbulência, favor apertar os cintos e manterem-se todos sentados”, aí sim, fiquei tensa de verdade. Imagina, meu primeiro voo e já sou presenteada com uma turbulência?? Sacanagem... rs. E enquanto eu estava uma pilha, Gatão dormia tranquilo, nem me dando bola... dizia que as aeromoças ainda estavam tranquilas, huauahuuhau, posso?
Quando a turbulência passou e todos ainda estávamos bem, fiquei muito mais tranqüila, nem me importei mais com as nuvens (que estavam muito maiores e mais densas) quando chegamos em Recife. 
Chegando em Recife


Aeroporto de Recife

Pousamos às 17:30h horário local e a Máh e o Rodrigo já estavam esperando no aeroporto. A mochila de Thiago veio rápido na esteira, mas a minha mala demorou tanto que eu já estava ficando nervosa. Saímos de lá e fomos direto pro hotel fazer o check in (Hotel Uzi Mar), a localização é razoável, perto da praia, mas longe da área movimentada da orla. O preço muito bom – R$70,00 o casal – mas a aparência do quarto é péssima, banheiro sem blindex, azulejo velho, sem porta pro box (o que deixava tudo encharcado), cheiro ruim... 
Fachada do hotel.



Quarto.

Mesa do café da manhã.
Salão do café da manhã.
Enfim... mas deixemos isso pra lá que eu quero é curtir! Saímos pra comer no “Laça Burguer”, sanduíches maravilhosos, porém fila grande e atraso no preparo. Thiago comeu um especial (sanduíche duplo, de carne bovina e frango) e eu um Beirute, nossa, muito, muito, muito bons mesmo. Ficamos umas 2 horas e meia batendo papo, rindo e  programando os dias em Noronha, ahh Noronha!
Voltamos pro hotel às 22:00h, fazendo um passeio de carro pela orla, é linda a noite, toda cheia de coqueiros e luzes de natal.
Laça Burguer.

Um comentário:

  1. Oba!! Viagem pra Noronha no blog! AMEI!
    Que saudade de voarrrrrrrrr!

    ResponderExcluir